o espaço das minhas coisas

Terça, 11 de Junho Variedades por Acácia Brito

PROJETO “EM CANTO” no IBB

Todas às quartas-feiras as 08 ou 17 horas

O Projeto “EM CANTO” , apresenta uma proposta alternativa no aprendizado do canto, uma vez que, sua abordagem na realização das atividades consiste em possibilitar a todos os participantes usar sua voz para cantar de forma terapeutizante, ou seja, o trabalho é voltado para todos os interessados em aprender a base do instrumento, voz para o canto, através de práticas de consciência corporal,  exercícios técnicos de respiração e aquecimento vocal, bem como a realização de um repertório livre, popular, onde os alunos executam canções conjuntamente, aplicando suas potencialidades vocais no momento do compartilhar nas vivências, sob supervisão e orientação profissional (Professor de Canto). Trata-se de práticas vivenciais do cantar, mais livres, voltadas para o bem-estar do participante, assim demonstrando o quanto uma boa cantoria proporciona momentos de alegria, desenvolvimentos cognitivos, aprendizados musicais além de um belo compartilhar de vidas, utilizando-se desta ferramenta, voz, como um recurso do bem viver em nosso cotidiano.

Nº de Vagas: 40 vagas
Dia e Horário: Quartas – feiras 08h00 às 09h30 ou 17 às 18h30.
Valor: R$ 150,00 (mensais)
Forma de Pagamento: Via processamento bancário (transferência / depósito) ou em espécie no ato da matrícula (até o 5º dia de cada mês).
 
Currículo Resumido de Venicius Alves Viana
Venicius Alves Viana, é Bacharel em Música pela UFRN, tendo como especialidade em sua formação, o canto, em suas diversas abordagens na performance e na pedagogia da voz. Possui experiência com aulas de canto há 10 anos atuando no ensino particular individual, preparação vocal de grupos, bem como ministrando cursos com a abordagem em canto terapia. Atualmente é aluno da Formação em Psicoterapia Corporal em Biossíntese.
Faça uma aula experimental. Inscreva-se.
IBB (84) 22267643 ou 99981 5108. #canto # cantoterapeutico #cantoemnatal

Sexta, 07 de Junho Variedades por Dionísio Outeda

AGENDA CULTURAL DA PREFEITURA DO NATAL: FESTIVAIS, FEIRAS, MÚSICA POTIGUAR E ESPETÁCULOS INFANTIS AGITAM PROGRAMAÇÃO

Espetáculos infantis, música potiguar, feiras, festival da Abrasel e muito mais. O agendão cultural da Prefeitura do Natal oferece a cada fim de semana as melhores opções de lazer para a família natalense. Através da Lei Djalma Maranhão e editais de fomento, a Prefeitura movimenta a economia criativa e a cadeia produtiva da cultura da cidade, brindando lazer e entretenimento de qualidade à população. Confira a agenda para este fim de semana:
 
DOMINGO NA CIDADE
Neste domingo (9) começa a temporada do projeto 'Domingo na Cidade'. A alegria e diversão pedem passagem e invadem a Cidade da Criança com uma grande ocupação de atrações culturais. A cada domingo, muita dança, música, teatro, lazer, gastronomia e saúde. A programação é gratuita e a entrada do parque custa apenas R$ 2,00. Neste domingo (9), aulas de zumba e fitdance a partir das 15h, o 'Circo do Peteca'  às 16h e às 17h o duo Carmem Pradella & Levi Ribeiro animam o público com um super repertório musical. INÍCIO: 15H. Local: Cidade da Criança.


SAL MENINO MAR DE VOLTA AO BOSQUE ENCENA
Inspirado no livro “Mar Doce Lar”, Liana F. Mendes e Fernando  
Suassuna, o grupo de teatro Facetas apresenta o espetáculo “Sal Menino Mar”, que volta ao projeto Bosque Encena na manhã deste domingo (16), a partir das 10h, no Parque das Dunas. Sal é uma criança apaixonada pelo mar. Vive numa prainha, passa o tempo livre banhando-se nas águas e conhecendo os seres que vivem no  mar. Um dia ele ouve a voz de uma concha lhe pedindo ajuda, porque as  profundezas do oceano estão cheias de lixo. De repente, a praia em que vive começa a ser invadida por um monte de lixo. Entrada gratuita ao show. Acesso ao Parque das Dunas custa apenas R$ 1.


SOM DA MATA COM JAZZPANDEMIA
O Som da Mata deste domingo (9) marca a estreia do Jazzpandemia no projeto. O grupo é formado  pela mais nova geração de instrumentistas de Jazz formados ou em formação na Escola de Música da UFRN. No repertório, grandes nomes da música brasileira e internacional como  Hermeto Pascoal, Charles Mingus, Chico Buarque, Gilson Peranzzetta e  
produção do próprio grupo com músicas de Anderson Pessoa e Oswin Lohss. INÍCIO: 16H30. Local: Parque das Dunas. Show gratuito. Acesso ao Parque R$ 1.00.
ESTREIA DO FESTIVAL CAMOMILA
O Festival Camomila terá sua primeira edição neste sábado (8), no Parque das Dunas, com o objetivo de realizar mudanças sociais através da cultura e do autoconhecimento.  Cada ambiente do Parque está sendo pensado para que o público possa desacelerar da correria do dia a dia e ter momentos de reflexão, integração e lazer. A programação contará com a “Querida Feira” - feirinha de economia criativa - além de atividades como oficinas, filme, meditação, roda de mantras e música, que prometem agradar toda a família. A Casa das Artes receberá a Oficina Infantil – “Como criar instrumentos musicais com material reciclável e iniciação musical e o auditório o filme “Soul Ativismo” + Bate papo. No Anfiteatro Pau Brasil acontece a Oficina “A dramaturgia e o trajeto para dentro de si” com Alice Carvalho entre outras atividades. INÍCIO: 9h.Acesso ao Parque: R$1,00

FESTIVAL ABRASEL
Em sua etapa final, o Festival Brasil Sabor chega à Arena das Dunas com uma programação totalmente aberta ao público. De quinta (6) a sábado (8), uma grande estrutura montada no Lounge Hospitalidade do estádio recebe os estandes dos 13 restaurantes e das três docerias participantes e seus pratos. Blackitchen (“Zezinho”), Carioca Burger Artesanal (“São Cristovão), Chopp & Camarão (“Camarão Camará”), Con Xin China (“Frango à ConXinChina”), Essência de Pizza (“Murzillo de Costela Suína”), Kojin (“Poke Kojin”), Massa Fina (“Potengi com massa de batata doce”), Parmegianno’s (“Arrocha Potiguar”), Pittsburg (“Pitts Sol Premium”), Famiglia Reis Magos (“Penne à Moda do Chef”), Taboleiro (“Linguiça Caprichada”), Rapadura (“Raparicó”) e Takami (“Sushi Potiguar”). E ainda Caroli Douces, Crooks Cookie Shop e Suisse Bronwie. Nesta fase do festival, os pratos serão comercializados na forma de menu degustação, ao preço de R$ 15,00, em todos os restaurantes.

Terça, 28 de Maio Notícias por Glácia Marillac

PALESTRA: MEDITAÇÃO, SABEDORIA E O AMOR

Data: 30 de maio de 2019 (quinta-feira)
Local: UFRN, Auditório Biblioteca Central Zila Mamede, Av. Salgado Filho, 3000, Candelária Natal RN
Horário: 19h
Palestrantes: Glácia Marillac e Ricardo Georgini
Contribuição: material de higiene pessoal, para doação à AME-microcefalia  ou alimentos para pessoas em situação de rua.

Meditação Criativa  ( curso de 01 dia) 
Data: 01/06/19 ( sábado)

Curso :  A Sabedoria  Eterna 
( Curso de 01 dia )
Data: 02/06/19(domingo)

Local dos  cursos  : Ed. Dão Silveira,  Salão de festas, R. São João, 1233, Lagoa Seca, Natal RN
Horário: 9 às 17h
Instrutor: Ricardo Georgini
Contribuição: consciente a partir de R$ 30,00

Informações e inscrições:  99909.1778 / 99992.2424
meditanatal@gmail.com

Para participar  dos  cursos,  é necessária  a inscrição,  vagas limitadas.

https://www.sympla.com.br/a-meditacao-e-o-amor__538528

Segunda, 27 de Maio Variedades por Marília Sá

Proxima sexta, dia 31 de maio, às 20hs, a AABB será palco do maior Tributo ao Rei do Rock Elvis Presley.

Sávio de Luna é o intérprete que encarnará sua obra fruto de  uma pesquisa profunda de seu estilo e timbre vocal. O repertório está repleto de sucessos contido nas três grandes e distintas fases da carreira de Elvis Presley, com canções que se destacaram nos anos 50, 60 e 70, como o seu primeiro e grande sucesso que o projetou ao mundo "That's All Right Mama", "It's Now Or Never", "Kiss Me Quick", "Suspicions Minds", "Always On My Mind", "Bridge Over Troubled Water", "My Way", dentre muitos outros.
Sávio de Luna faz questão de enfatizar que não é "cover" do cantor, já que não imita e nem se veste igual a Elvis, mas faz uma homenagem com grande rigor e pesquisa nas interpretações do Rei do Rock. Por ser barítono como Elvis Presley, suas interpretações se destacam pela similaridade de sua voz em vários momentos das interpretações, mas ainda assim mantém sua originalidade e características próprias de sua voz. Sávio de Luna sempre teve vocação para a música desde jovem e adolescente,  embora tenha feito carreira profissional nacional e internacionalmente na Dança, onde começou seus estudos de dança com o saudoso professor Edson Claro que o preparou para o Ballet Teatro Guaíra na cidade de Curitiba e logo após seguindo para Portugal como bailarino convidado, viajando por quase toda Europa e Ásia. Passou a dedicar-se ao canto de forma mais profunda e profissional a partir de 2017, mas já consegue se destacar no meio musical com seu estilo e pesquisa. Atualmente exerce o cargo de Coreógrafo na UFRN  e faz aulas de canto semanalmente com a professora Alzeny Nelo que é também diretora da Academia de Canto Rêverie, fez aulas de canto lírico com sua irmã Sibelle de Luna (cantora e professora profissional), com o maestro Linus Lerner (o qual o motivou a seguir com seu projeto e carreira) e já realizou vários shows e apresentações que o levou a este nível artístico atual. Sávio de Luna possui, para quem deseja seguir seus passos, um canal no YouTube (Sávio de Luna), no Instagram (@saviodelunasing) e no Facebook

Segunda, 27 de Maio Notícias por Olga Trindade

Yoga na UFRN com Olguinha

Restando poucas vagas. Garanta já a sua!
(84) 996662358
#Chakras #equilíbrio #harmonia #energia 
#paz#yoga#relax#meditação#bemestar
#Natal #RN

Sexta, 24 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

Que situação...

Assisto vários filmes, séries, observo, penso e percebo o dinheiro como o Mestre, mola mestra, indutor, sedutor, na vida privada, seara politica, esfera profissional.
Religião, ética, são detalhes, grande MAIORIA se rende ao poder do verdadeiro 666, a grana, o capital, está no Vaticano, Planalto, Medellín, Casa Branca, La Moneda, Politburo, Conselho da ONU, Casa Rosada, Kremlin e parlamentos. 
Grana move o mundo, determina fatos, formata posições, o resto são detalhes, adereços, molduras, justificativas, decorações. 
E isso para todos os lados e interesses.
Que situação, rapaz...

A esquerda passou ao longo dos anos uma imagem de preocupação com o povo, mas uma lupa revela que o discurso é teórico e a prática é de modus vivendi burguês.
Na UFRN são socialistas nas aulas e nas apostilas e pródigos em gastos nas viagens e solicitações. 
Viagens não são poupadas, professores chegam todos os dias com diárias, hotéis e aviões para palestras de horas.
O povo é um detalhe e o empoderamento de suas progressões funcionais e aulas presenciais totalmente fora do controle.
A grana rola e a noção de economicidade, praticidade e custo/benefício, uma besteira do capitalismo. 
Até uma fundação quebra galho para posse egóica.
Quando é hora de mostrar renuncia, o ouro reluz e a hipocrisia assume.
Que situação, rapá...

Como tem grana para bancar posse, creio que seria correto a Funpec mostrar seus projetos executados e importância dos mesmos.
Não creio que uma posse seja algo relevante que justifique aporte financeiro diverso. Se isso for relevante, o resto fica suspeito. 
Será a Funpec um apêndice do poder universitário para resolver pedidos nada republicanos?
É só uma pergunta. 
Que situação, rapaz...

Sexta, 24 de Maio Que Situação por Flávio Rezende

Que situação...

A posse do novo reitor da UFRN conseguiu transformar o que seria especial em infernal. Toda mídia sobre o assunto é negativa, de blogueiros a colunistas, manchetes, todo mundo criticando, menos as tais entidades que vivem a defender mais parcimônia na questão econômica, desde que o gasto parta de algum coxinha.
Até agora não li uma nota de repúdio a gastança desnecessária e egóica da Atens, Adurn e de políticos. 
A esquerda parece gostar de falar uma coisa e fazer outra. Fico imaginando se fosse um reitor "coxinha" a ser empossado, o furdunço que seria.
Faço parte de um grupo de zapzap de uma entidade e até hoje, só uma pessoa lamentou o episódio. No particular comigo um defendeu, por incrível que isso possa parecer, um petista disse que a grana da Funpec podia ser gasta assim, que era legal. Imoral para petista é se o gasto for a direita, a esquerda tudo pode.
Enfim, o reitor que é uma pessoa legal, um cabra bom, bem que podia renunciar a tal posse e fazer ali mesmo no auditório da Reitoria, em sua casa, pertinho do seu gabinete, demonstrando o equívoco e recuando da suntuosidade que não cabe bem nestes tempos e em tempo nenhum, uma vez que ganhou, o 17 endossou, e é hora de trabalhar e não de posar diante de iluminação de primeiro mundo, ambiente pago e auditório fora do ambiente universitário.
E a Funpec enxovalhou sua reputação e história, estando agora todo mundo querendo saber o que se faz com o dinheiro ali depositado.
Faria bem publicar, para que possamos saber se existe para possibilitar posses suntuosas, ou para empoderar pesquisas maravilhosas.
Que situação, rapaz...